França / Estados Unidos: Kara libertada!

KW

Após 17 meses isolada em uma prisão de homens estrangeiros, Kara teve seu julgamento no final de setembro. Hoje, no dia 14 de novembro, ela foi libertada da prisão! Kara e seu grupo de apoio gostariam de agradecer a todos os que escreveram, doaram ao fundo legal e tornaram a vida infernal da prisão, sem uma data de soltura definida, um pouco mais suportável. Kara precisa do nosso apoio financeiro para se reintegrar no mundo fora das muralhas da prisão. Siga este link para doar em seu fundo de liberdade.

***

Kara Wild é uma artista, companheira e força resiliente da natureza, atualmente detida na França por sua alegada participação em um protesto contra reformas trabalhistas draconianas e repressão policial. Ela é uma mulher trans e atualmente está presa em uma prisão masculina. Ela também é cidadã estadunidense e foi negada uma caução porque as autoridades francesas consideram que ela possa fugir.

No dia 18 de maio, milhares de pessoas convergiram em Paris para desafiar um contínuo cerco da violência policial e se opor a uma nova reforma trabalhista neoliberal. Durante uma dessas marchas, um carro da polícia foi atacado e incendiado. Kara foi brutalmente presa em conexão com este incidente mais de uma semana depois, em 26 de maio, em um evento separado perto de La Place de la Nation. Apesar de uma clara falta de evidência, ela está sendo acusada de atacar com uma madeira o pára-brisa de um carro da polícia momentos antes de incendiá-lo. Suas acusações são “tentativa de homicídio de uma pessoa que ocupa cargos públicos, destruição de propriedade, violência grupal e participação em um grupo armado mascarado”.

Kara está entre 6 pessoas atualmente, enfrentando acusações em conexão com este incidente. Para piorar as coisas, o primeiro-ministro da França, Manuel Valls, prometeu executar “punição implacável”, a fim de dar o exemplo e desmobilizar os protestos.

Apesar dos ataques do Estado, os movimentos globais contra o capitalismo, a supremacia branca, o patriarcado heterossexual e austeridade aumentam cada dia, de Paris a Oaxaca. À medida que as chamas da resistência se multiplicam neste verão, deixe-nos ter certeza de não deixar nossxs amigxs para trás! Por favor, ajude-nos a apoiar Kara Wild, escrevendo para ela, doando para seu fundo de defesa e divulgando o caso dela.

Liberdade para todxs xs presxs políticxs! Liberdade para todas as mulheres trans presas! Liberdade para todxs xs presxs!

(via Turba Negra)

This entry was posted in Anarchist Prisoners, Burning Cop Car Case, France, Fundraiser, Transgender Prisoners, Transgender Struggle, Turba Negra, USA. Bookmark the permalink.